Os 5 principais erros de gestão de um escritório de Advocacia

Recentemente falamos sobre como modernizar a gestão de um escritório de Advocacia. Também indicamos alguns aplicativos e ferramentas para ajudar a melhorar a produtividade do seu dia-a-dia.

Continuando no tema de gestão, hoje vamos falar sobre os principais erros ao se administrar um escritório de Advocacia.

Cometê-los pode comprometer seriamente a atuação do negócio. Conhecê-los, por sua vez, é o primeiro passo para evitá-los.

Confira os cinco principais erros de gestão e aprenda a se prevenir.

Ignorar o setor contábil e financeiro

O escritório de Advocacia é uma empresa que tem responsabilidades e visa o lucro como qualquer outra. Sem a preocupação com a gestão contábil e financeira, o escritório corre o risco de ficar sem recursos ou mesmo de ter uma atuação legalmente incorreta.

Quando o assunto é a Contabilidade, o escritório deve se enquadrar em um regime de tributação de forma a pagar menos tributo possível, e manter a regularidade fiscal necessária.

Quanto à gestão financeira, é preciso cuidar do dinheiro que entra e do que sai. O advogado deve cobrar honorários adequados com os serviços e atendimento prestados, além de manter o controle sobre os pagamentos que foram feitos.

Ter um fluxo de caixa, inclusive, é importante para conhecer as necessidades específicas do escritório e se preparar adequadamente.

Não possuir um plano de marketing jurídico

Julgando ser uma parte desnecessária do negócio, muitos escritórios de advocacia erram ao não dar a devida importância ao plano de marketing jurídico. Quem não se mostra, corre o risco de ficar esquecido.

É essa estratégia que vai estabelecer qual o melhor jeito de se divulgar para captar novos clientes. As potencialidades são imensas: sites, redes sociais, blogs, encontros, congressos, participação de associações da mesma área de atuação, criação de identidade visual. É ideal, portanto, traçar um plano em busca de novos clientes e crescimento profissional.

Esquecer de fidelizar o cliente

Um dos principais erros da gestão é não se preocupar com a satisfação do cliente. Uma clientela satisfeita se mantém leal em demandas futuras. E mais: recomendam os serviços do escritório para clientes em potencial.

Para garantir o retorno dos clientes é conveniente investir na qualidade do serviço prestado. Um atendimento preparado, cobrança justa e clara de honorários e o acompanhamento dos processos são fatores que estimulam a percepção positiva de clientes em relação aos serviços.

Fidelizar um cliente é uma excelente estratégia de marketing jurídico.

Não definir a área de atuação é um dos principais erros de gestão de um escritório de Advocacia

Há uma série de especializações jurídicas. Dentro de cada uma delas, então, nem se fala! Existem várias outras atuações possíveis voltadas para cada nicho de mercado específico.

Oferecer tudo ao mesmo tempo faz com que seu escritório não preste um atendimento de qualidade em nada. Quanto mais segmentado e especializado, maiores são as chances de sucesso do escritório no mercado de atuação.

E sim, definida a área, é preciso estudar tanto sobre ela quanto o mercado e a concorrência. Dessa forma, o escritório garante ao cliente o melhor atendimento possível.

Não investir em softwares de gestão

A tecnologia otimiza as principais atividades do dia-a-dia do advogado. Assim, o profissional tem muito mais tempo para cuidar da gestão e da qualidade do atendimento ao cliente.

Com o Informador Fácil, por exemplo, o advogado pode acompanhar o andamento de todos os casos e processos que quiser, e do lugar em que estiver.

Os erros de gestão do escritório de advocacia podem limitar o sucesso do negócio e até comprometer a continuidade do mesmo.

Você comete algum desses erros? Aproveite para corrigi-los.

By | 2017-09-27T09:10:10+00:00 setembro 27th, 2017|Escritório|0 Comments

Leave A Comment